' '

16 de dez de 2009

As Grandes Aventuras do Mickey

Por José Rivaldo Ribeiro & E. Rodrigues

Acaba de ser lançada a edição especial As Grandes Aventuras do Mickey. O gibi tem 196 páginas em papel offset, capa cartonada envernizada frente-e-verso, formatinho 13,4 x 19cm e lombada quadrada. Bem similar ao especial DuckTales A Odisseia do Ouro, porém com encadernação de melhor qualidade.

São 12 HQs desenhadas por Paul Murry, morto há 20 anos, responsável por uma das melhores fases de Mickey. No final deste post, siga o link para nosso texto prévio para este gibi, com mais informações sobre o autor.

A seleção de histórias é de Paulo Maffia e chamou-nos a atenção as belas cores e o estilo de colorização das histórias: quase não há os famigerados degradés — que parecem desagradar a tantos.

Ou seja: um gibi histórico e de qualidade editorial poucas vezes vista numa publicação brasileira. E por um preço bastante acessível, R$ 8,95.

As Grandes Aventuras do Mickey
196 páginas — formatinho 13,4 X 19cm — R$ 8,95


Mickey na Legião Estrangeira
Desenho: Paul Murry.
Publicada pela primeira vez nos EUA, na revista Walt Disney's Comics and Stories #167 (ago/54). W WDC 167-17P. 




Em Busca do Selo da Fortuna
Roteiro: Carl Fallberg. Desenho: Paul Murry.
Publicada pela primeira vez nos EUA, nas revistas Walt Disney's Comics and Stories #194 (nov/56), #195 (dez/56) e #196 (jan/57). W WDC 194-09P.




A Bola de Cristal
Roteiro: Carl Fallberg. Desenho: Paul Murry. Cores: Fernando Ventura.
Publicada pela primeira vez nos EUA, nas revistas Walt Disney's Comics and Stories #203 (ago/57) e #204 (set/57). W WDC 203-09P.



Piratas Modernos
Roteiro: Carl Fallberg. Desenho: Paul Murry.
Publicada pela primeira vez nos EUA, na revista Mickey Mouse #68 (out/59). W MM 68-01.



No Tempo das Diligências
Desenho: Paul Murry.
Publicada pela primeira vez nos EUA, na revista Mickey Mouse #83 (abr/62). W MM 83-02.
  


O Canto do Dodô
Desenho: Paul Murry. Cores: Fernando Ventura.
Publicada pela primeira vez nos EUA, na revista Walt Disney's Comics and Stories #271 (abr/63). W WDC 271-06.


O Segredo dos Antigos Incas
Roteiro: Carl Fallberg. Desenho: Paul Murry.
Publicada pela primeira vez nos EUA, nas revistas Walt Disney's Comics and Stories #274 (jul/63), #275 (ago/63) e #276 (set/63). W WDC 274-06P.



Os Piratas do Fundo do Mar
Desenho: Paul Murry. Cores: Fernando Ventura.
Publicada pela primeira vez nos EUA, na revista Mickey Mouse #112 (abr/67). W MM 112-02.
  


O Estranho Feitiço da Marcha à Ré
Roteiro: Carl Fallberg. Desenho: Paul Murry.
Publicada pela primeira vez nos EUA, nas revistas Walt Disney's Comics and Stories #330 (mar/68), #331 (abr/68) e #332 (mai/68). W WDC 330-05P.


A Troca dos Cestos.
Desenho: Paul Murry. Cores: Cecília Magalhães e Daniele Prieto.
Publicada pela primeira vez nos EUA, na revista Walt Disney's Comics and Stories #421 (out/75). W WDC 421-03.



Muitos, Muitos Monstros
Desenho: Paul Murry.
Publicada pela primeira vez na Finlândia, na revista Aku Ankka #2004-37 (8/set/04). D 2003-236. Inédita no Brasil.


A Casa dos Sonhos
Desenho: Paul Murry.
Publicada pela primeira vez na Suécia, na revista Kalle Anka & C:o #2004-25 (11/jun/04). D 2003-237. Inédita no Brasil.

Estas duas últimas HQs são de 1984 — ou seja, das últimas de Murry. Ficaram perdidas até 2004, quando saíram nos gibis Disney europeus.

Fonte de indexação: Inducks.

Para saber mais sobre Paul Murry, clique aqui.

Clique aqui para comprar As Grandes Aventuras do Mickey em nossa loja virtual, o Planeta Gibi Comic Shop.

38 comentários:

Sei lá que nome dar pro blog disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Sei lá que nome dar pro blog disse...

Acho que Mickey na Legião Estrangeira foi publicado no 60 Anos do Mickey # 1 (1988), não?

PLANETA GIBI disse...

Sim. E em PD também. Sorry. Erro de montagem do texto.

BLOG DO XANDRO ® disse...

Muito Bom o gibi pra quem gosta da turma do Mickey...espero pelo Super Pato Especial!!

:D

Alexandre Giesbrecht disse...

Bom ver que, ao contrário do Disney Big, eles dão crédito à última vez que a história foi publicada no Brasil. Pena que tenham falhado ao não colocar o código em "Mickey na Legião Estrangeira" e em "O Segredo dos Antigos Incas".

Anônimo disse...

Realmente o gibi está muito bom, e concordo com o comentário sobre as cores.

Alexandre Giesbrecht disse...

Saiu o Superpato também. Comprei ambas.

Anônimo disse...

Vi os gibi na banca mas os traços do preto tão todos computadorizados. Vou deixar passar.

Marina.

Anônimo disse...

meu marina tu so pode ser burra.

Anônimo disse...

olha eu nao digo é burra,
mas é hilária!
fala serio nao chega nem disney big aqui, e to ainda farejando Dinastia; sabe-se Deus quando vou ter esses especiais (ótimos por sinal).
E ainda aparece alguem dizendo que nao vai comprar por causa..: "de traços pretos computadorizados.."! mmmmff rsrs
sério marina voce tem que entrar pro CQC
HP

Anônimo disse...

Caro, HP... eu nunca onfendi você, mas como você veio atacando, eu sugiro que você volte pra dentro da sua mãe pelo buraco do qual você saiu. Eu não vou gastar R$ 8,95 em uma revista mal impressa só porque o Paulo Maffia não enxerga bem e não sabe do que estou falando. É por conta de leitores idiotas feito você, que engolem qualquer lixo, que a Abril tá do jeito que está e que as revistas são distribuidas de forma setorizada. Você é ridículo.

Marina.

Anônimo disse...

Revista mal impressa? Vc só pode estar de gozação. Melhor: seus comentários a respeito da qualidade do gibi (I-M-P-E-C-Á-V-E-L, seja graficamente, seja pela seleção de histórias), só demonstram sua má vontade com a editora, o editore, o mundo, sei lá... Toma Toddy! Fala a verdade...

Marçal

Anônimo disse...

Marina está certa. Eu trabalho com artes gráficas e os traços das duas edições especiais está mesmo serrilhado (ou pixelizado). Ponto negativo pra Abril e para o editor Paulo Maffia que não deve entender nada do assunto.

Samir N.

Anônimo disse...

O traço não está serrilhado. Estou com os gibis aqui na minha mão. Vc deve estar se referindo às imagens do blog. Aí é coisa de scanner, amigo.

Marçal.

Anônimo disse...

Eu também estou. Quem comprou o Pato Donald 2377 pode comparar. Até a página 10 o traço está perfeito. Na página 11 em diante está serrilhado. Marina está certa porque esse tipo de papel em que as revistas especiais foram impressas deixa o problema mais evidente. É uma pena, porque a maioria das histórias tem cores bonitas. Abril deveria ser mais cuidadosa em suas edições de Walt Disney, especialmente as especiais. Isto é erro de diagramador principiante que fecha arquivos com menos de 300 dpi pra que o PDF fique menor. Samir N.

Anônimo disse...

Samir, vc pode então me dar um exemplo, numa página qualquer dessas edições, para eu entender melhor? Sinceramente, estou aqui olhando e reolhando e não vejo problema absolutamente nenhum. Tudo perfeitinho, lisinho, lindo. A gente tem que usar lupa para ver esses "defeitos"?

Marçal

Anônimo disse...

Cara Marina
Só queria te dizer que em nenhum momento te ofendi nem cheguei atacando, valeu
voce que interpretou assim, e muito equivocadamente. Eu apenas manifestei meu espanto por alguem desprezar assim uma edição de tal qualidade enquanto outros nao tem sequer a chance de comprar;
e afinal, se vc nao gosta tudo bem, cada um tem sua opiniao .
No meu conceito "hilario" nao é nenhuma ofensa, ao menos não como chamar de idiota;
e 'trabalhar no CQC" nao tinha nemhum tom ofensivo - como "voltar pro buraco da sua mãe' ou coisa do gênero, nao passsava de uma anedota;
e estas foram as unicas palavras que usei e que voce possivelmente possa ter interpretado (muito erroneamente) como ofensivas, o que com com certeza NAO o eram.
Em verdade minha cara, quem chegou atacando foi voce; eu inclusive discordei do comentario que se referia a voce como burra, entao nao prove o contrario.
E afinal pode me chamar de idiota e ridiculo o quanto quiser, eu jamais farei o mesmo com voce ou qualquer outro pois recebi uma coisa chamada educação em casa,
e outra mais importante chamada principios: um deles, de jamais me dar o direito de julgar à outras pessoas(muito menos aquelas que nao conheço).
HP

Anônimo disse...

Eita!!!!
Tá bom gente, esfriem a cabeça.

Eu adorei o Mickey e o Superpato vou comprar hoje.
Essa coisa de serrilhado /pixelado ou sei lá, não é de hoje, até que está bem melhor, se você folhearem um gibi Disney de 2, 3, 4, anos atrás então, vão ter um ataque do coração.
Nós adoramos, eu e meu meu amigo xará o Pedro (cadê você?), já respondi por você meu chapa.

Pedro - RJ (o bom em tudo)

Alexandre Giesbrecht disse...

Sim, há o serrilhado, e não é tão difícil assim de notar. Mas não achei um grande problema, não. Gostei muito das cores chapadas, como escrevi na postagem sobre o Superpato. Deu um ar retrô. Eu preferiria sem o serrilhado, mas está longe de ser algo inconveniente.

Anônimo disse...

Fernando Ventura devia ter sido escolhido pra colorir todas as histórias da revista. Ele não tenta aparecer mais do que os desenhistas como o colorista das nuvenzinhas ou o cara do céu azul pro claro do Zé Carioca.

Anônimo disse...

Marina tu e muito burra.

Anônimo disse...

A burrice mata ne marina.

Anônimo disse...

não ,burra e pouco pro que ela e.

Anônimo disse...

Burra,burra,burra.

Anônimo disse...

onde ja se viu não comprar uma obra prima dessa por causa de um problema que nem existe.

Anônimo disse...

Meu como tem gente burra neste mundo.

Anônimo disse...

O único burrro da história é o Paulo Maffia que quando acerta na escolha dos coloristas faz merda na hora de mandar diagramar e imprimir. Isso porque é revista ESPECIAL, hein?

ABRIL, ESTAMOS DE OLHO!!!

Anônimo disse...

Eu trabalho com artes gráficas e também percebi o serrilhado, mas nem por isso deixei de comprar e compraria de novo se fosse preciso. Não comprar não ajuda nada, o negócio é reclamar diretamente para a ed. Abril para que saibam que os leitores estão atentos as esses pequenos problemas (que na verdade pra maioria nem é problema algum). O que importa é que as HQs Disney parecem estar voltando a passar por uma boa fase no Brasil e se quem gosta não comprar, como podemos esperar que melhore mais???
Vamos dar um desconto e reclamar direto à editora!

Ludy disse...

Bom com serrilhado ou não eu vou comprar. E como aqui no sul tudo tá demorando a chegar eu apelo para o Planeta Gibi.
Os quadrinhos Disney são para mim como um livro de auto ajuda. me enche de bom humor pra enfrentar o dia a dia, me deixa pilhado pra enfrentar situações adversas a minha vontade.Que venham os quadrinhos Disney, montes deles com serrilahdo sem serrilhado, serrilhadaços ou lisinhos. Se você que é extremamente técnico com essa "parada" gráfica e não desejar ter mais essas edições "serrilhadas" emporcalhando sua coleção, eu aceito doações. Enviem pra mim os serrilhados, caixas deles eu aceito com prazer rsrsrsrsrsr.
Feliz Natal pra todos que adoram quadrinhos Disney.
Ludy - Santa Cruz do Sul-RS

Anônimo disse...

Os leitores Disney tem que ensinar o pai-nosso ao vigário, porque o burrão do "EDITOR" Maffia não sabe o que é serrilhado.

Anônimo disse...

Mas q kct!

ô gente para chorar de barriga cheia.

Parabens mafia e todos da abril jovem pelo belo trabalho.

Parapens planeta gibi belo trabalho de divulgação, é notório que é feito não só porquem entende mas por quem ama gibi, quem entende a alma do leitor Disney.

Foram quase 10 anos de gibis de péssima qualidade, desque em 1997 a abril colocou os gibis a 1 real a qualidade despencou, agora os bons tempos estão de volta.
Voltei a colecionar.
E ainda tem gente chata enchendo.

Á merda com os chatos e os serrilhados.
E que quizer doar um pouquinho de serrilhados pra mim eu também aceito.

Falava- se do papel, o papel melhorou.
Pegaram as cores para a cruz.
Agora as cores estão impecáveis. Pegaram então o tal serrilhado e se melhorarem o serrilhado vai sobrar a mãe de quem?

Tem gente folgada, que se souber que estão dando gibi de graça ainda vai reclamar do vale tranporte gasto.

As pessoas reclamam, mas a revista do Donald e do Tio estão ótimas com historias inéditas, o zé carioca é cheia de reedição, eu não compro pq não gosto, Mickey é inedito, também não gosto, mas tenho certeza que quem reclama do zé nunca leu uma das historias, só reclamam mesmo pq sabe que são repetidas.

Ai temos os Almanaques Disney Big Férias e Extras.
Ou seja tem gibis pra todos os bolsos.

Eu fico puto, vão ler Mauricio de sousa então.
Aquela porcarias.

Aiii. Desabafei.

Viva disney, viva o trabalho do planeta gibi e do mafia.
E um viva especial pra minha gatinha que detesta gibi mas é minha razão de viver.

Anônimo disse...

Totalmente apoiado.
HP

Paulo Afonso disse...

Parabéns pra Abril! Agora só falta melhorar a seleção de histórias, a tradução, a revisão, o letreiramento, as cores, as capas, a diagramação, a impressão, a distribuição e a divulgação. E voltar a produzir histórias brasileiras. Histórias que tenham bons roteiros, desenhos, arte-final, letreiramento, cores e que sejam impressas em revistas com boa seleção de histórias, tradução, revisão, letreiramento, cores, capas, diagramação, impressão, distribuição e divulgação. Falta só isso pra Abril melhorar mais.

Anônimo disse...

Vivam os leitores Disney que reclamam, exigindo melhor qualidade. Com certeza o Mafia resolveu mexer a bunda e trabalhar direito depois de ouvir tantas reclamações.Finalmente as coisas começaram a melhorar. É isso ou Primaggio de volta.

Anônimo disse...

Pedro cadê você.

Buáááááaáááááá
Ass.
Pedro - RJ (O bom)

Mas o Paulo Afonso é melhor, o cara.
Maffia mande contratar imediatamente esse gênio!

Você não tá vendo que esta reencarnção do Walt Disney merece uma chance!

Anônimo disse...

Concordo em gênero número e grau com as afirmações do amigo anônimo que começa a mensagem com "Mas q kct!"... rsss...
Pô, foi uma década da ed. Abril publicando só LIXO em termos de quadrinhos Disney e agora que a coisa começa a melhorar neguinho não compra por besteira... Eita...
Sou designer gráfico e não estou nem aí pro serrilhado! Pra mim o que falta agora é 1) Tio Patinhas voltar a ter lombada quadrada (colada), pois fica muuuuito melhor na estante e melhora o visual da revista e 2)acabar com essa maldição de distribuição setorizada, pois aqui no Sul é a visão do inferno o atraso que as revistas chegam. Mesmo em Curitiba, sendo a capital do PR e estando a "um pulo" de São Paulo, muitas revistas chegam com 2 meses de atraso.
De resto, as coisas vão melhorando se o pessoal comprar e apoiar, pois tendo retorno a Abril deverá investir mais nas HQs Disney e quem sabe um dia voltemos mesmo a ter produção nacional de HQs.
No mais é um feliz Natal e um excelente 2010, com muitos quadrinhos pra todos, independente das opiniões diversas! Luciano

Fernando Ventura disse...

Obrigado pelos elogios às cores!

Antonio Tadeu disse...

Até que enfim uma edição dedicada a Paul Murry.
Comprei e gostei, mesmo sendo em formatinho.
Espero novas edições, com histórias clássicas do Super-Pateta, Mancha Negra, Kid Monius e Ted Tampinha.
Nós, saudosistas, merecemos.